Total de visualizações de página

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Silêncio! Vamos gravar... Som! Câmara! Acção! #65

Durante as minhas férias curtinhas fui ver o filme «Missão Impossível - Efeito Fallout».

Confesso que nunca tinha visto nenhum filme da saga «Missão Impossível» mas, não me passava ao lado toda a fama que esses filmes têm...

Mesmo assim fui sem expectativas nenhumas!



Deu-me uma soneiraaa na primeira parte do filme!!! Mas, eu não acho que esteja relacionado com o conteúdo do filme. Eu é que fui após o almoço ao cinema. E já se sabe como é a moleza dessa altura do dia. 

Na segunda parte do filme estive mais desperta e com atenção mas, mesmo assim o filme não me convenceu lá muito.

(Momento spoiler:) É necessário os protagonistas terem muita, muita sorte para passarem por toooodas as situações que passaram e ultrapassá-las «sem nenhum arranhão». Cenas de filme, portanto!

Mas, para não ser só eu aqui a «falar» do filme, deixo-vos com o resumo do mesmo:

«Obrigado a unir forças com o agente especial da CIA August Walker (Henry Cavill) para mais uma missão impossível, Ethan Hunt (Tom Cruise) se vê novamente cara a cara com Solomon Lane (Sean Harris) e preso numa teia que envolve velhos conhecidos movidos por interesses misteriosos e contatos de moral duvidosa. Atormentado por decisões do passado que retornam para assombrá-lo, Hunt precisa se resolver com seus sentimentos e impedir que uma catastrófica explosão ocorra, no que conta com a ajuda dos amigos de IMF.» 

Depois vejam o filme e partilhem a vossa opinião!

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Férias.

Este ano as férias foram curtinhas. Especialmente comparadas com o(s) ano(s) anterior(es).

E como são poucas decidi não usar os dias todos de uma vez por isso estou de volta. Mas, de coração cheio por estes dias!

Férias. Festa. Piscina. Amigo. Família. Boa comida. Bons locais. Diversão.


sexta-feira, 10 de agosto de 2018

A partir de hoje...

... e só durante uns diazinhos esta pergunta:


... Não se irá colocar!

Isto porque vou uns diazinhos de férias e o que eu quero mais é aproveitar para estar (pessoalmente) com os amigos e família.

Aproveitar o ar livre. Aproveitar para passear. Para conhecer e re-visitar locais que ADORO!

Serve também este post para mostrar a capinha de telemóvel nova, sim. 

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Leituras de 2018 #15

Mais um livro que li por influência do Clube de Leitura. Desta vez foi um livro brasileiro chamado «O Fim». Foi escrito por uma actriz brasileira (mas, eu não a conhecia).

Disseram-me que era um livro muito bom e que se lia bem. O livro é sobre a história de cinco amigos que, no momento em que o livro é escrito já estão na 3ª idade e a reviver como foi a vida de cada um.

Para perceberem melhor deixo aqui a sinopse:

«Cinco amigos cariocas, velhos, vêem o fim aproximar-se a passos largos. Quase a cortar a meta da vida, recordam paixões e traições antigas, cobardias e vergonhas, manias e inibições. No Rio de Janeiro dos anos 60, onde se conheceram, uniu-os a folia, as festas de álcool, mulheres e droga. Pelo meio, aconteceu a vida: casamentos, separações, filhos, contas por pagar, sonhos por cumprir. Além de um passado de excessos e de um presente de frustrações, pouco têm em comum. Álvaro vive sozinho, passa o tempo de médico em médico e não suporta a ex-mulher. Sílvio é um drogado que não larga os vícios nem na velhice. Ribeiro é um rabo-de-saia atlético que ganhou nova vida ao descobrir o Viagra. Neto é o chato da turma, marido fiel até ao último dia. E Ciro, o Don Juan invejado por todos — mas o primeiro a cair. À volta destes cavaleiros cariocas, movem-se as mulheres — esposas, amantes, filhas e mães — amargas, neuróticas, ternurentas, sedutoras, enganadas e resignadas. 
Juntos compõem um mosaico do Rio de antes e de agora. Há graça, sexo, sol e praia nas páginas de Fim., mas também há melancolia. Fernanda Torres, premiada actriz, estreia-se nas letras com um romance fora de série: sagaz, viril, profundo, cru, pleno de humor e vitalidade. Um livro que vai e vem como a vida e a morte: sem desculpas.»


Sem dúvida alguma que, peguei no livro com altas expectativas mas, esperava dele algo diferente.
Não posso dizer que não gostei porque não seria de todo verdade. E é engraçado que apesar de ter ficado desiludida porque esperava outras histórias há muita coisa deste livro que ainda está bem presente na minha memória. Algumas histórias que já li há vários dias...

Foi interessante ler a desmistificação de como uma pessoa mais velha pode olhar para tràs, para aquilo que foi a sua vida... Eu, com 27 anos, não tenho esse tipo de pensamentos e é giro como os livros nos põem a pensar em situações que provavelmente de outra maneira não o faríamos.

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

É um filme? É uma série?

Aqui a pessoa, estava uma noite a ver TV quando de repente começa a dar aquilo que ela acha que é um filme baseado num livro que ela já leu há muito mas, do qual também se lembra muito bem. Este:


Sobre o qual escreveu aqui.

Mas, passado um bocado o "filme" acaba... E porquê? Porque afinal é uma série e não um filme!

Vi os primeiros três episódios da série e quero seguir. Descobri é que a série já tem uns anos e eu «num» sabia. Ups!


A série acaba por ser muito mais que o livro porque aborda profundamente cada uma das personagens que no livro, claro, não são assim tão exploradas.

Uma boa surpresa!

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Outfit #178

LOVE! LOVE! LOVE!

Por acaso entrei na loja onde estava este top e ainda bem!!!

Já o tinha há umas boas semanas e já me tinha passado pela cabeça que nunca mais chegava a altura de o estrear mas...




E este calor? OMG!!!

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Uma centopeia...

... não precisaria de tanto calçado como eu mas...

... Vi esta sandalocas e gostei mesmo delas e trouxe-as comigo!


Depois reparei que este ano vejo muitas sandálias com este tipo de sola.


Obviamente que ficarão muito mais giras quando os meus pés estiveram morenos.


Mas, já dar para andar de sandálias (e não espirrar) para mim já é bom!